Esforço

Edição: 689 Publicado por: Gustavo Abruzzini em 25/03/2020 as 08:00

 
Leitura sugerida

Em nossa última edição, terminei esta coluna convidando a todos que ficássemos em casa, para o bem de nosso sistema de Saúde. Como acredito que ainda há muita gente que não entendeu o “x” da questão retomo o apelo. Não é que ficando em casa, se evitará que venhamos a ser contaminados. Pode ser que já estejamos, e o confinamento em casa evitará que saíamos por aí contaminando muito mais gente, o que lá na frente representará um número de doentes impraticável de ser absorvido pelo sistema de Saúde disponível. Então, pelo bem (diminuir o risco pessoal) e pelo mal (evitar a disseminação descontrolada), é que convidamos a todos para compartilhar o confinamento. Sejamos fortes, mesmo não tendo nada para fazer em casa.

 

Guerra

No final de semana, ainda se viu muita gente ávida pelos supermercados, como se a guerra nuclear tivesse sido marcada para o dia seguinte. Mas aos poucos, parece que todos foram aderindo. E nesta segunda quem ameaçou abrir, não sendo das exceções previstas no decreto, teve de voltar atrás, após abordagem da Guarda Municipal.

 

Bombas

A Saúde valenciana municipal enfrenta agora mais uma difícil prova. Depois de vencer a febre amarela, o atual governo se vê diante de mais uma real ameaça epidêmica. E como já estão calejados, é bom que os valencianos obedeçam aos apelos do prefeito e de sua incansável secretária de Saúde, a médica Soraia Graça. Eles sabem do que estão falando. O risco é eminente, mais uma vez.

 

Gratidão

Da mesma forma, ressalte-se aqui o esforço e a atuação de qualidade de todos os trabalhadores da Saúde valenciana, donde se incluem todas as unidades de Saúde e os hospitais, concentrados e imbuídos em enfrentar o coronavírus, por mais que o risco, deles próprios, ser alto. De parabéns também a todos os trabalhadores que diante de seu serviço de alta necessidade tiveram que manter-se atuando ou de sobreaviso, enquanto a maioria dirigiu-se para casa. Garis, funcionários de concessionárias de água, de energia e de transporte coletivo; servidores públicos da área de segurança e empregados de supermercados, restaurantes e congêneres, motoboys, e todos os demais, cujo trabalho visam atender a todos os outros, nosso muito obrigado.

 

Censo

Com o atropelar dos fatos, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou o cancelamento dos concursos que estavam previstos para arregimentar recenseadores. Com o coronavírus batendo as portas, antes dos agentes do IBGE, o Censo 2020, ficou adiado para 2021. A princípio.

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...