Coronavirus

Edição: 694 Publicado por: Marilda Vivas em 29/04/2020 as 08:51

 
Leitura sugerida

À exemplo de seus colegas no exterior, cientistas brasileiros têm se desdobrado para encontrar um caminho que abrevie os efeitos devastadores do Covid-19 na saúde humana.

Sem desconsiderar seus esforços e a atuação extraordinária da linha de frente sanitária atuante nos quatro cantos do mundo, precisamos estar atentos à manipulação do mercado e da mídia quanto as informações.

Por mais que se possa prevenir o surto da doença adotando medidas essenciais - lavar bem as mãos com frequência, passar álcool em gel, evitar tocar o rosto, priorizar a limpeza de ambientes e manter a higiene pessoal, por exemplos, como o número de pacientes vem crescendo nas mais diversas cidades do país, o isolamento social é a melhor saída para reduzir os casos e expor menos pessoas ao risco. Por isso tem sido defendido por especialistas e autoridades da saúde de todo o mundo como uma estratégia capaz de ajudar no controle da pandemia. Com ele, tem sido possível frear a curva de crescimento de casos, evitando que um grande número de pessoas fique infectada ao mesmo tempo e os sistemas de saúde sobrecarregados. Nesse momento, não contamos com cura definida, nem mesmo com uma vacina.

Não quebrar o isolamento social é essencial nesse momento.

 

Alerta

Segundo artigo da Folha de São Paulo, a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), que conta com pouco menos de 50mil equipes em todo o país, alerta para uma terceira onda de doentes que agravará ainda mais todo o sistema de saúde do país. São casos crônicos e consultas cirúrgicas que não estão sendo atendidos por conta da sobrecarga do sistema devido a pandemia de Covid-19. Prefeitos e governadores do país todo, demagogos, não providenciam testes massivos, EPIs para as equipes de saúde, mantém um nível absurdo de subnotificações e anunciam a retomada do comércio e das atividades econômicas para maio, como se tudo estivesse sob controle e correndo bem. No entanto o número de infectados só aumenta a cada dia e já passam de quatro mil mortes. (Via Esquerda Diário).

 

A Terra reage

A mudança nos hábitos de consumo, a redução no uso de combustíveis fósseis e uma nova dinâmica na produção de bens e serviços pode produzir resultados duradouros e benéficos para a humanidade e, melhor ainda, para o planeta.

Não são poucas as imagens divulgadas nas redes sociais comprovando que a desaceleração da economia trazida pela pandemia fez regredir rapidamente a poluição do ar, a concentração de dióxido de carbono, a redução do ruído e uma melhoria na qualidade de vida nas cidades. E fauna e a flora estão, literalmente, dando as caras.

 

Câmara no foco

Salvo melhor juízo, a rejeição da proposta de se criar uma comissão especial de vereadores para acompanhar os gastos municipais relacionados ao enfrentamento do Covid-19, no município, me pareceu acertada.

Até onde sei, com pandemia ou sem pandemia, é atribuição dos nossos representantes naquela Casa fiscalizar a aplicação de recursos públicos no município. Ademais, a Câmara dispõe de uma Comissão Permanente de Saúde que, se não está, deveria estar acompanhando de perto as ações e os esforços empreendidos pela administração municipal que, diga-se, não é tarefa de menor monta.

Até aqui, qual é o nível de envolvimento dessa comissão com o momento vivenciado? Quer queiram ou não, a câmara municipal, à exemplo de todos os demais segmentos organizados da sociedade, tem suas responsabilidades e essas vão além de fiscalizar os gastos com os recursos públicos.

Um mapeamento próprio da situação geral do município seria uma contribuição inquestionável para toda a sociedade.

Outra coisa que me espantou foi vereador pedir a cabeça da secretária de saúde alegando que se o Mandetta saiu ela tem que sair. Que nível, meu Deus.

Escrevo sem ter o cuidado de checar se isso se deu realmente e, de antemão já me desculpo por possíveis equívocos se essa justificativa não estiver lá. Mas, confesso, não tenho forças para ouvir novamente. Pioro muito quando alguém me assegura que isso realmente foi dito.

Temos que estar atentos.

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...