Tudo às claras

Edição: 317 Publicado por: Ney Fernandes em 28/11/2012 as 10:42

 
Leitura sugerida

O Livro da Vida nos ensina a virar páginas, mas tem certas páginas que não consigo virar e a leitura que continuo fazendo é que, longe de considerar uma questão cultural, preferimos considerar uma questão política de interesse pessoal e de grupos. Ao longo dos anos, é um entra e sai de prefeitos e nunca assistimos a uma auditoria, o que poderia tornar a comunidade conhecedora dos problemas e o porquê do montante das dívidas, que sempre foram transferidas de quatro em quatro ano, sem nenhuma transparência. Talvez, para não haver comprometimento futuro. Entendo que o prefeito sai hoje, mas poderá voltar amanhã, em outra eleição e, assim, sucessivamente. Quer dizer, ninguém compromete ninguém. Hoje, no entanto, a situação tomou proporções tais, que a nova administração deverá, claramente, mandar fazer uma auditoria, nas contas da administração que sai. É o que estamos esperando. Não é possível que o povo continue ignorando o que foi feito com o seu dinheiro, quando não há recursos para a saúde e para a educação. Já passou da hora das faladas autoridades respeitarem o povo. Este é um momento importante, pois estamos diante de um novo governo com um prefeito que consideramos sério e que, acreditamos, não estará disposto a assumir certas responsabilidades e, depois, vir dizer para o povo que não está podendo nada fazer, pois encontrou a Prefeitura em estado de calamidade econômico/financeira. Se não houver uma auditoria (com auditores sérios) para o conhecimento pleno de toda uma gestão, o atual prefeito terá dificuldades e muitas, para administrar o Município de Valença.

No entanto, por acreditar na seriedade do prefeito que vai assumir, existe ainda, seu vice, uma Câmara de Vereadores renovada (esperamos), seus auxiliares mais diretos, que têm a obrigação de atuar corretamente, em benefício de nosso povo. Denúncias públicas, uso legítimo do direito de expressão, devem ser uma obrigação de todos...

A escolha do futuro secretariado, no momento, é uma tarefa difícil, pois é a mais importante do governo. Principalmente a escolha para a saúde e para a educação, não só pela necessidade da escolha de pessoas competentes e sérias de Valença (é claro), como pela quantidade de verbas que chegam a estas secretarias. Contratos lesivos terão de ser revistos, principalmente na saúde, porque, futuro prefeito, quem finge que não vê ou que não viu, o que se passou e está passando, é também considerado cúmplice...

Existe uma propaganda na televisão que diz: “-Todo mundo tem algo a dizer”. Isto é um fato! Vamos dizer o que queremos e pensamos. Vamos denunciar. Vamos usar nosso legítimo direito de expressão. Vamos salvar o nosso Município daqueles que, por ventura, querem assaltar o erário para enriquecer. É claro e elementar, políticos que vivem de salários (salários às vezes, além do devido), que estão construindo verdadeiras fortunas, com os salários (?) que recebem. Salário não enriquece ninguém senhores políticos! No mais é esperar “prá” ver, talvez estejamos em um novo momento, em nosso Município.

Vamos, então, meditar e colaborar: para que um outro mundo em que depositamos nossas esperanças não se pareça demais com este que vivemos. Está na hora de descolonizarmos nosso pensamento político...

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...