Ziguezagueando

Edição: 355 Publicado por: Patrícia Rocha em 22/08/2013 as 11:43

 
Leitura sugerida

Com certeza você já ouviu falar que o mês de agosto é chamado de “Mês do Cachorro Louco”, não é mesmo? Mas você sabe o motivo para esse apelido tão carinhoso para esse mês?

 

Agora, outra interpretação que faz muito sentido é que no mês de agosto a concentração de cadelas no cio aumenta bastante devido às condições climáticas. E quando as cadelas estão no período fértil, os cachorros ficam loucos (mesmo!) e brigam para conquistar a fêmea.

 

Essa luta feroz entre os machos em busca da fêmea faz com que a raiva, doença transmitida pela saliva do bicho, se espalhe mais. Os animais que estão infectados pela raiva babam muito e ficam com aparência de “loucos”, daí a expressão “Cachorro Louco”.

 

Muitas crenças e também variados acontecimentos históricos nos levam a diferentes explicações para o estigma do mês de agosto. Há quem diga que este mês é dotado de muita energia negativa, e por isso é o mês do desgosto e do azar. Um mês carregado de superstição e magia, onde alguns fatos históricos ajudam a fortalecer essa crendice, vamos conhecê-los: a Primeira Guerra Mundial começou no dia 1º de agosto de 1914 e as cidades de Hiroshima e Nagasaki foram atacadas pelos norte-americanos com bombas atômicas nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, o que resultou na morte de mais de 200 mil pessoas no fim da 2ª Guerra Mundial. Em 2 de agosto de 1934 Adolf Hitler se torna o führer(Líder ou Chefe de Estado) da Alemanha.

Getúlio Vargas se suicidou no dia 24 de agosto de 1954 e o Muro de Berlim, que dividiu a Alemanha em duas partes, começou a ser construído no dia 13 de agosto de 1961; no dia 12 de agosto de 1968 os católicos e protestantes da Irlanda do Norte começaram a se matar, mas “tudo em nome de Deus”. Juscelino Kubitscheck morre em um acidente de carro no dia 22 de agosto de 1976.

 

Além dessas curiosidades negativas, existem outras interessantes e bem bacanas de se saber.  O nome do mês, agosto (do latim, Augustus), foi uma homenagem que o imperador César Augusto fez a si mesmo, modesto ele, não?

 

Enquanto no mês de agosto as mulheres portuguesas evitavam se casar porque essa era a época em que os navios de expedição saíam para explorar novas terras, e junto com eles os maridos das moças, na Alemanha ele é considerado o mês das noivas!

 

Uma superstição nada higiênica dos nossos “hermanos” argentinos. Lá existe uma crendice popular que diz que lavar a cabeça no mês de agosto não é aconselhável, e a pessoa que lava os cabelos durante este mês está atraindo a morte!

 

É muita coisa para um mês só! Mas quer saber? O “agosto” somos nós que fazemos! Deixemos as superstições de lado, confiemos absoluta e plenamente em nossa verdade, no divino, no sagrado que existe dentro do nosso coração. Superstições são só superstições.

1 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...
avatar

cid pereira em 31/03/2016 às 19:42 disse:

adorei!!!!essas curiosidades,muito legal!!!!
responder O comentário não representa a opinião do jornal! A responsabilidade é do autor da mensagem!
avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...