Notificado

Edição: 363 Publicado por: Gustavo Abruzzini em 17/10/2013 as 09:28

 
Leitura sugerida

O Jornal Local, em pleno fechamento desta edição, foi notificado para apresentar cópia de protocolo de requisição do certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros. Aliás, já tem comerciante sendo multado pela Prefeitura por conta disso, questionando a forma e a legalidade de tal exigência.

 

Notificando

Esta coluna, por sua vez, notifica a Prefeitura para apresentar no prazo dos mesmos vinte dias a cópia de seus protocolos, visto que desconfiamos que a mesma também não possui tais certificados de suas diversas instalações, a começar pelo Centro Administrativo e pela garagem onde, inclusive, trabalham com armazenamento de combustível. Alguém tem visto por lá extintores de incêndio? Ou é faça o que falo, mas não faça o que faço? Muito educativo, não acham?

 

União

Em torno desta situação e de outras, várias instituições de Valença estão mantendo reuniões para tomar posição. A curto prazo devem tomar atitudes e a médio prazo devem formar o conselho municipal das instituições valencianas. Um avanço democrático.

 

Afago

No lançamento do início das obras do CVT de Valença, o deputado André Corrêa contou com a companhia do prefeito Álvaro Cabral. Tudo por Valença. E o Jornal Local, segundo o prefeito, é que não presta.

 

Promoção pessoal

E por falar em vaidade de político, um vereador foi à tribuna para criticar a imprensa tendenciosa que não publicou sequer uma “notinha” sobre uma ação dele. A carapuça me serviu. Certos vereadores, senão a maioria, infelizmente, ainda acha que aqui se faz jornalismo de confete.

 

Lero-lero

Eles, os vereadores, deveriam se queixar com sua assessoria de comunicação e se satisfazer com o “lero-lero” da rádio à qual a Câmara paga e bem (R$6.860, por mês), para que falem de si próprios. Aliás, na minha modesta opinião, gastam dinheiro público em flagrante promoção pessoal, já que de jornalístico aquela falação não tem nada, só a grosseira aparência, bem diante da miopia da Justiça Eleitoral.

 

Destrinçando

E nada contra o radialista que está na dele em obter os caraminguás que a política fornece. Mas, no nosso caso, é preciso que, uma vez mais, nossos políticos e demais personalidades que gostam de aparecer, entendam que promoção pessoal é uma coisa que anda próxima de publicidade e que jornalismo é outra, completamente diferente, que trabalha com fatos de relevância, interesse, atualidade e ineditismo. Ou seja, nem sempre uma atuação, ou um ato, carrega em si estes atributos. Muitas vezes, esta atuação ou ato, para nós não passa de feito comum, das obrigações dos investidos no poder público político.

 

Notícia boa

Anunciado na solenidade do CVT, pelo deputado André Correa, que a reforma da RJ-145, trecho entre Barra do Piraí e Valença, prevê a construção de uma ciclovia de São Francisco até Chacrinha. Ótima ideia. Nossa torcida agora deve ser para que não se faça no padrão daquela implementada do Benfica ao Jardim Valença, que virou acostamento e, em alguns trechos, estacionamento, ao não haver separação bem definida ou meio-fio, como nas ciclovias de verdade.

 

Dor de dente

Enquanto a carreta do projeto Odonto Sesc vai resolvendo, os profissionais da área odontológica da Prefeitura de Valença continuam recebendo sem trabalhar. O motivo seria a falta de material. Há dez meses no governo, o prefeito que tanto espinafrou o antigo secretário de Saúde, não consegue deslanchar na área e depende de instituições como Sesc e FAA. E o Jornal Local é que não presta.

 

Beneficente

Neste final de semana, Conservatória vivencia mais um Carnaval Antigo. No mesmo período, em benefício do Lar dos Idosos, com apoio da Emater/RJ acontece exposição “Reciclando com Arte”, na praça da Matriz.

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...