As árvores e os sistemas produtivos - Sistemas agroflorestais (SAF) e silvipastoris

Edição: 397 Publicado por: Felipe Conceição Elias Fernandes em 18/06/2014 as 09:39

 
Leitura sugerida

Nossos solos em geral possuem uma fertilidade baixa se compararmos com os países frios. Os principais fatores para esta baixa fertilidade são os raios solares e as chuvas tropicais que degradam a matéria orgânica e lavam os nutrientes do solo. A natureza na sua perfeição bolou uma estratégia para remediar estes agentes degradantes, criou florestas exuberantes para proteger o solo dos raios solares e fixou os nutrientes nas folhas, galhos, cascas e lenho de forma que a chuva não os lave.

A agropecuária tradicional se baseia em monocultivos, mecanização do solo, adubação química do solo e pastoreio extensivo, com pastos livres de árvores. Será que estamos no caminho da sustentabilidade? Neste sentido sempre teremos que adicionar nutrientes químicos e água ao solo, assim continuaremos reféns das empresas de adubos.

As árvores e arbustos são os principais aliados na tentativa de atingir a sustentabilidade, podem ser uma forma viável de adubar o solo e protegê-lo do sol e da chuva. Se os nutrientes estão fixos nas árvores temos que aprender a disponibilizá-los para as plantas de interesse, saber quais são as plantas que descartam as folhas, as que temos que podar, de como incorporar esta matéria orgânica no solo e quais são as plantas que podem ser adubadeiras, fruteiras, alimento pro gado, madeireiras, medicinais etc... E podemos melhorar a agropecuária com os sistemas agroflorestais (SAF) e silvipastoris.

O que são?

Sistemas agroflorestais(SAF) – São sistemas que possibilitam a interação de árvores, arbustos, plantas rasteiras e animais com cultivos agrícolas, podem ser do mais simples com duas espécies (banana e guapuruvu) até os que mais se aproximam de uma floresta (banana, abacate, pitanga, cedro, louro, abóbora, inhame, galinhas, abelhas....). Muitas vantagens estão associadas aos SAF como: Diversificação dos produtos fornecidos (madeira, frutas, grãos, flores, ervas medicinais, cipós, sementes...), redução de pragas, melhoria da fertilidade do solo, aumento da matéria orgânica, retenção da água dentro do sistema.

Sistemas silvipastoris – São a combinação intencional de árvores, pastagem e gado numa mesma área ao mesmo tempo e manejados de forma integrada, com o objetivo de aumentar a produtividade. Podem ser feitos em faixas, em bosques, como quebra-ventos, como cercas vivas ou de forma desordenada. Proporcionam muitas vantagens como: Reduzir a erosão do solo, melhorar a conservação da água, reduzir a necessidade de fertilizantes minerais, capturar e fixar carbono, diversificar a produção, aumentar a renda e a biodiversidade e melhorar o conforto dos animais.

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...