Febre maculosa

Edição: 405 Publicado por: Redação em 14/08/2014 as 07:50

 
Leitura sugerida

Barra do Piraí - O setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde alerta a população para a necessidade de intensificação da informação sobre a presença endêmica da febre maculosa brasileira no Estado do Rio de Janeiro com surtos recorrentes da doença em animais e seres humanos.

Todo caso suspeito de febre maculosa requer notificação compulsória e investigação, por se tratar de doença grave. Um caso pode significar a existência de um surto, o que impõe a adoção imediata de medidas de controle, desde a assistência aos pacientes até a vigilância epidemiológica e ambiental, incluídas medidas de controle do carrapato vetor. Em função do ciclo de vida do carrapato que permite sua sobrevivência durante longo período sem se alimentar (sangue de animais e seres humanos) medidas de controle devem ser contínuas e monitoradas.

O período de maior risco de ocorrência de casos humanos está entre os meses de abril e outubro, no período seco, quando se observa a presença das formas jovens desses carrapatos (larvas e ninfas), pois, geralmente o carrapato adulto é facilmente detectado pelo ser humano e retirado, não chegando a ficar aderido durante horas ao hospedeiro. Deve ser considerado caso suspeito de febre maculosa aquele indivíduo que apresente febre de início súbito, cefaleia, mialgia e história de picada de carrapatos e/ou ter frequentado área sabidamente de transmissão de febre maculosa, nos últimos 15 dias; ou ainda, indivíduo que apresente febre de início súbito cefaleia e mialgia, seguido de aparecimento de exantema máculo-papular (vermelhidão da pele com erupções cutâneas), entre o 2º e 5º dias de evolução e/ou manifestações hemorrágicas. Em casos suspeitos os pacientes devem buscar atendimentos médico imediato.

 

Detran abre cursos

Rio de Janeiro - O DETRAN está oferecendo uma série de cursos gratuitos nos meses de agosto e setembro para seus clientes. Ministrados na Escola Pública de Trânsito (Avenida Mem de Sá, nº163, Lapa), serão disponibilizadas cerca de 300 vagas em cursos voltados para motoristas em geral, motofretistas, mototaxistas, motoristas de coletivos e deficientes físicos.

Já estão abertas as inscrições para os cursos de motofrete, direção defensiva, primeira habilitação para deficientes auditivos, curso de reciclagem para condutores infratores e mudança de categoria para mulheres. Na próxima semana, serão abertas as inscrições para os cursos de atualização de transporte coletivo de passageiros, mototáxi e uma nova turma de motofrete. Em setembro, serão disponibilizadas vagas para os cursos de transporte escolar e de condutores de veículos de emergência.

As inscrições, bem como todas as informações sobre os requisitos para participar de cada um dos cursos, já estão disponíveis no site www.detran.rj.gov.br.

 

Nada consta

Rio de Janeiro - O Detran está oferecendo novo serviço aos clientes: a disponibilização, via internet, da Pesquisa Nada Consta – que mostra a situação do veículo com relação aos débitos registrados. A mesma pesquisa só era emitida pelo Setor de Veículos Apreendidos e Ciretrans (Circunscrições Regionais de Trânsito). Desse modo, quem necessitar da informação está dispensado de se deslocar até uma das unidades do Departamento para obtê-la.

A consulta e o resultado da pesquisa são obtidos por meio do site do Departamento (www.detran.rj.gov.br). Vale salientar que o Nada Consta de veículos com restrições que impeçam o licenciamento continua sendo emitido exclusivamente na sede do Detran. Quanto aos clientes que não têm acesso à internet, poderão obter sua pesquisa nas unidades do setor de registro de veículos do Departamento.

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...