O vinho e a primavera

Edição: 415 Publicado por: Sergio Tabet em 23/10/2014 as 08:55

 
Leitura sugerida

Com a chegada da primavera vem o aumento das temperaturas e mudam também nossos comportamentos e consequentemente os tipos de vinho que bebemos. Nesta estação os vinhos brancos e rosés tem a preferência. Pelo segredo da sua acidez intensa e refrescante a uva ideal é a Sauvignon Blanc. Por outro lado, se você prefere os vinhos brancos da uva Chardonnay, não se preocupe. Eles também servem muito para serem consumidos na primavera. Ambos os tipos devem ser vinhos jovens e de climas frios,e sem estágio em tonéis de madeira. A madeira ajuda na diminuição da acidez, o que não é o ideal para os dias quentes. Não que estes vinhos ao passar na madeira sejam ruins. Em geral os Chardonnays têm uma acidez mais leve. Uma uva pouco conhecida por nós e que gosto muito é a Torrontes, que é nativa da Argentina. Na boca sentimos sabores de salada de fruta pura com toque de mel. Muito bom vinho também como aperitivo. A outra grande pedida na primavera são os vinhos Rosé. Ótimos para os dias quentes. São vinhos da descontração e da alegria. Se por um acaso você não gosta de vinhos brancos ou rosés vá de vinho tinto como os das uvas Pinot Noir, Carmenère, Merlot, entre outras uvas, e que têm uma estrutura de taninos mais leves. Se preferir vinhos de outras uvas deve servi-los em uma temperatura um pouco mais baixa do que costumamos beber. E por falar em Primavera, que tal uma salada com flores comestíveis, frutas e oleaginosas? A criatividade não tem limites, mas aí vai uma sugestão; para as folhas: alface americana, rúcula e alface roxa. Para as frutas: morango, manga, figo, maçã e kiwi (corte da forma que preferir). Para as flores comestíveis: hibiscos, violeta, rosa, cebolinha e begônia (estas você encontra em casas e em hortos de Valença). Para as oleaginosas: castanha do caju, amêndoa torrada e nozes. Para os molhos: cinco colheres de sopa de aceto balsâmico e uma colher de sopa de mel - reduza numa panela à metade, ou também, vinagre de maçã com azeite e sal a gosto. Regue com os molhos só na hora de servir. Acompanhe com um bom vinho branco ou rosé. Faça também cubos de gelo com pétalas de flores pequenas dentro do recipiente. Você vai se surpreender.

“Vinho! Porque nenhuma história interessante, envolvente, cativante e fantástica, começa com alguém comendo salada”

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...