Aooooooh peão e peoa apaixonado!

Edição: 436 Publicado por: Thiago Ferreira em 26/03/2015 as 10:01

 
Leitura sugerida

Estão chegando as festas do universo da cultura sertaneja, as famosas festas a cavalo. Um mundo de músicas típicas, procissões, festejos, shows e quermesse. Eu sei que não me vejo de chapéu, fivela e bota, mas sei admirar peças lindas do vestuário country e um belo e puro sangue. E porque não ouvir um forró, um sertanejo e até mesmo o estilo sofrência, não é?  

Embora seja um devoto de São Jorge, vejo que acontecem, já há diversos anos, atitudes que não condizem com o cerne da festa. Sempre via de longe a cavalgada por medo, devido a alguns excessos, peões que não respeitam os devotos que ficam nas calçadas aguardando a passagem do santo. Os mesmos que jogam seus cavalos em direção dos fiéis, causando susto e temor, há uns que até se acham o falecido Beto Carreiro em sua imagem e semelhança, um horror!  Não quero tirar o mérito de uma festa linda, devido à atitude de certa minoria, claro que não. Porém não deixarei de comentar o ônus. Sempre faço o percurso; Valença (sede), Rio das Flores e Barão de Juparanã e adjacências, as festas não seguem essa ordem, porém vou a todas quando é compatível com a minha agenda. Os desfiles das Garotas e Garotos Country dão um charme a mais, os grupos sempre bem vestidos e com o tom certo nas canções que embalam essas noites frias.

Tudo lindo e tudo bom, eu só quero te lembrar, amigo peão e peoa, que maus-tratos contra animais é crime! (art. 32, Lei 9605/98). Determina que a pena para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais é crime com pena de três meses a um ano e multa. Zelem pelos seus animais, não os deixem soltos pelas ruas e jardins da cidade.

Evitem deixar animais cansados, não alimentados, maltratados de formas diversas. Eu sei que uma cervejinha é boa, mas evitem estar totalmente alcoolizados e fazer com que o animal seja o seu responsável. Usar pedaços de paus e fibras de formas exacerbadas não fará de vocês o melhor da festa, além das esporas, usem apenas como adorno. É claro que há os peões que cuidam de seus animais, usam a camisa do Santo, seguem a cavalgada com foco e Fé, pagam até promessa!  Não deixemos essa tradição acabar, a devoção deve ser o auge da festa!  

Estaremos clicando os maus-tratos e colocaremos na próxima edição caso preciso, precisamos inibir essa atitude, para que o responsável do animal seja punido e que a lei seja cumprida. Menos chicotadas, mais amor! 

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...