Este é o nosso desafio

Edição: 526 Publicado por: Hélio Suzano em 22/12/2016 as 09:28

 
Leitura sugerida

Nestes últimos dias, em casa assistindo à televisão assustei-me com o noticiário dando conta da operação Lava Jato e seus novos desdobramentos em terras fluminenses. O que será da política, pensei eu, depois desta hecatombe? Criminalizaram a política de tal forma que se tornou risco assumir posições de gestão. Temos um país fragmentado em ondas reacionárias que a cada nova notícia parece submergir no lodo do inconfessável. Como responder a estes novos tempos de desemprego, descrédito e baixo crescimento? Esta é a questão, este o nosso desafio.

Os últimos dez anos retratam a trajetória do Jornal Local e, coincidentemente, a minha própria. Nestas páginas dediquei-me como cronista do cotidiano e da política. Aqui vi retratada minha caminhada de ativista político. Acertei, errei, mais perdi que ganhei e amadureci. Venho de uma casa onde a política era levada a sério com paixão, com seriedade e coerência. Talvez por isso sempre busquei participar, o que me levou em 2004 à primeira eleição obtendo surpreendentes 838 votos, sendo primeiro suplente por conta da legenda partidária, situação que se repetiria outra vez. Mas não desisti e perseverei.

Quando em 2016 fui convidado por Luiz Antônio a disputar uma pré-candidatura a vice de Fernandinho Graça, poucos acreditavam no sucesso. Livre das amarras que a candidatura a vereador impõe me alcei com determinação e confiança. Conquistei por meus méritos, dedicação e articulação esta candidatura.

E as urnas confirmaram o que se previa: a derrocada de Álvaro Cabral e o êxito de nossa candidatura. Ganhamos!

Recebemos da população a enorme responsabilidade e o desafio de governar Valença por quatro anos. Uma cidade que teve nos últimos doze anos governos que não souberam ou não quiseram escutar a voz das ruas e perderam-se na truculência, na ganância e na incompetência. Deixaram um legado de desânimo, descrença e apatia. Uma cidade outrora politizada, efervescente, empreendedora transformou-se numa cidade triste e carente. Saber lidar com esta situação será a grande missão de Fernandinho Graça que traz como característica pessoal a capacidade de ouvir e dar carinho às pessoas.

Neste contexto, eu e Fernandinho sentimos a urgência de que é preciso reconstruir a sociedade valenciana aniquilada nesta última década. O estrago que esta gente fez a Valença é sentido pelo povo, como as urnas mostraram. Tenho percebido, e converso muito com Fernandinho, que acima das bandeiras políticas, das simpatias e antipatias, temos que buscar refazer as bases da convivência política civilizada e republicana que foram esganadas pela incapacidade de diálogo dos últimos governantes. Valença exige isto.

Talvez ainda não tenha caído de todo a ficha do quanto teremos que nos entregar a esta missão. Nossas famílias, nossos hábitos de vida simples, nossa privacidade e sossego. Vamos nos aventurar na administração de uma massa falida, inoperante, cheia de vícios e que precisa dar respostas rápidas à população sob o risco de perder este primeiro momento de esperança e crédito. Não temos direito de errar.

Teremos que saber discernir os momentos e opções onde ancorar todo o crédito dado nas urnas. Teremos que manter a solidariedade, a humanidade, mas teremos que ser duros com a aplicação de remédios que reabilitem este corpo doente.

Para estar à altura deste desafio, teremos que cumprir com nossa única promessa de campanha: ouvir a população. Será preciso coragem para atravessar este mar revolto em que a política se transformou.

Vamos precisar de vozes. A Câmara renovada e oxigenada há de fornecer estas vozes, dando eco ao vozeirão das ruas que tanto precisam ser ouvidas. É momento de todos tomarem partido, se comprometerem, explicitarem suas posições, suas preocupações. E caberá a nós a missão de responder a estes clamores. Não somos salvadores da pátria! Precisaremos de todos para romper esta lógica que empobreceu econômica, social e culturalmente Valença.

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...