Turismo

Edição: 533 Publicado por: Gustavo Abruzzini em 15/02/2017 as 09:08

 
Leitura sugerida

Em recente reunião com Hamilton Neri e Fernando Farani, o prefeito Fernandinho Graça recebeu a Carta a Valença e uma proposta para fazer do Turismo, o negócio estratégico para resgatar o desenvolvimento econômico do município. Ficou a proposta de se fazer a união das instituições municipais e empresariais de Valença, no engajamento do desenvolvimento do turismo. Combinou-se de se promover um evento para mobilizar todos neste sentido tendo como vetores Prefeitura, FAA e Aciva.

 

Vagões

Continua o esforço da União Valenciana para Preservação Ferroviária (Uvafer), para dotar Valença de significativos atrativos histórico-culturais. Os esforços agora se concentram na viabilização da verdadeira operação de logística, que representam o transporte e a definição do local em que serão instalados os três vagões de passageiros obtidos junto aos órgãos governamentais. Os vagões, na verdade, retornarão a Valença onde foram fabricados nos tempos áureos das Oficinas da Central do Brasil, em Valença. É preciso que todos se engajem nessa causa de resgate.

 

História

Os mais jovens talvez não saibam, mas Valença teve trens circulando em seu território por cem anos (1871-1971). Fundada como iniciativa privada por ações, a Estrada de Ferro União Valenciana ligava a sede a Barão de Juparanã e aos trilhos da Central do Brasil. Com as dificuldades econômicas do começo do século XX, a antiga empresa é encampada pela Central que aqui instala as Oficinas e o Depósito que resistem até a Ditadura Militar que além de desativar tudo, erradica nossos trilhos com a promessa de nos dar em troca estradas asfaltadas. Desde então, perdemos o trem e ficamos a ver... navios.

 

Folias

O Conselho Estadual de Patrimônio de Minas Gerais (Conep) reconheceu as Folias de Reis mineiras como Patrimônio Imaterial do Estado. Durante a cerimônia realizada no dia 6 de janeiro, no Palácio da Liberdade, o governador mineiro homenageou o professor Affonso Furtado Silva, pesquisador da cultura popular que muito contribuiu com o processo de reconhecimento das Folias de Reis.

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...