Desânimo

Edição: 634 Publicado por: Gustavo Abruzzini em 13/02/2019 as 07:55

 
Leitura sugerida

Pouco para dizer. O desânimo com os fatos para quem lida com fatos, às vezes é avassalador. E os fatos trágicos se sucedem e assustam, até mesmo calejados profissionais da notícia. Por outro lado, cá no nosso rincão, há poucos alentos, dignos de brindes ou efusivas manifestações. Insistamos em ter fé nos fatos que advirão amanhã.

 

Decisão

Recebemos a declaração emitida pelo Conselho da Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio, do segundo distrito – Barão de Juparanã. Nesta é informado que após reunião com as presenças do prefeito, do vice, de vereador, da Associação de Moradores, do Conselho de Segurança, do DPO, do comércio local e do vigário da Diocese, decidiram que, quanto a Festa de São Jorge, a Igreja não mais se responsabilizará pela parte externa, caberá a Prefeitura a responsabilidade e autorizá-la.

 

Calçada

A Prefeitura tem se gabado nas redes sociais pela iniciativa de executar os passeios de um dos lados da rua 27 de Novembro, no trecho entre o posto de gasolina e a Miliartes. No entanto, por outro lado, é dura a vida dos motoristas que transitam por ali. Afinal, a rua que nunca foi excelência de pavimentação, com tipos variados de piso e todos eles bem danificados, piorou de tempos para cá com o aumento da circulação que a transformou em escoadouro de muitos ônibus e caminhões de lixo.

 

Barranco

O referido passeio que está sendo construído com tanto orgulho pela Prefeitura fica do lado da rua que poucos pedestres “passeiam”, junto ao barranco, onde acima passa a rua 17 de Outubro.

 

Regular

Nas redes sociais, a polêmica do momento diz respeito ao uso da praça Visconde do Rio Preto como sede de eventos de alto impacto, sobretudo sonoro. Uns defendendo que a praça seja respeitada em suas funções originais de praça de convívio com a natureza e outros que acham ela teria vocação de sediar eventos. Eu fico pelo meio. Acho que é preciso regulamentar e disciplinar os usos que respeitem a todos os interesses e não a somente um lado.

 

Caçamba

E para não dizer que não falei de podres, continua aquela linda caçamba de acúmulo de lixo dentro do Jardim de Baixo, bem em frente à Câmara. Isso é ser turístico? Isso é para ter orgulho de nossa cidade? Entra governo e sai governo e ela está lá, mais sólida que nossos votos.

 

Recuperação

Passados trinta dias de uma intervenção cirúrgica, que não me gerou tantas dores quanto reflexões, estamos voltando aos poucos à sensação anterior de vitalidade e disposição. Vamos em frente.

 

Agradecimento

Agradeço de público a toda equipe do Hospital Unimed Marquês de Valença pelo atendimento e apoio dispensado. Em especial, agradeço ao médico Gérson França Leite e aos demais membros de sua equipe de cirurgia pela competência e atenção dispensada. Obrigado doutor!

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...