Envelhecimento com saúde

Edição: 638 Publicado por: Ney Fernandes em 13/03/2019 as 09:41

 
Leitura sugerida

• Movimentos organizados lutam há séculos, em todo mundo, para conquistar, preservar e ampliar direitos iguais para todos. A vida não para a cada eleição.*

• Pesquisadores denunciam cortes no orçamento: novo governo busca parceria com empresas privadas, na saúde! Absurdo!

 

É bom que visualizemos as questões que surgem, a todo momento, o que nos obriga, de certo modo, a tomarmos conhecimento dos fatos como eles surgem. Pensando assim, fui participar de um Seminário, no auditório da Globo, no dia 21 de agosto, passado, onde discutiu-se, também, o “ Envelhecimento Além das Rugas. O Seminário alertava para a necessidade de o país se preparar para o crescimento da população idosa. Pois, de acordo com os dados do IBGE, a população brasileira está envelhecendo em uma velocidade impressionante A questão fundamental é envelhecer com máximo de graça e saúde possível, como destaca José Antônio Sanches (Soc. Brasileira de Dermatologia). A constatação é de que as pessoas terão que cuidar da saúde por muito mais tempo. E nada melhor que, além de se manter saudável, permanecer belo (isso é comigo mesmo). Os cuidados necessários com a pele e tratamento adequados para cada idade. Hoje, com procedimentos muito menos invasivos, consegue manter-se um aspecto jovial. Lá estava Luiz Gameiro, dermatologista do SBD, que entre outros ensinamentos fala que a pele começa a envelhecer, quando nascemos, e que o sol é o principal agente externo que interfere nesse processo: manchas, rugas e sinais de aspereza, bem como o cigarro, radiação ultravioleta e poluição atmosférica. Já Renato Veras, médico e diretor da Universidade Aberta da Terceira Idade, da UERJ, explica que, além do desgaste natural do organismo ao longo da vida, precisamos ter a capacidade de comemorar a grande conquista de viver mais, mas temos que ter os meios para isso, hoje. Por exemplo: há no país 304 faculdades de medicina e apenas dezesseis têm na sua grade curricular a disciplina de geriatria como obrigatória. Luiz Fernando Correia, médico diz que é preciso se preparar para envelhecer e que temos que nos prover de saúde. A sua saúde é sua. É preciso ter consciência de que se não se movimentar, desde cedo, vai chegar ao fim da vida sem massa muscular. Vai sair da cama, para a cadeira de balanço e voltar para a cama. Enfim, a musculação é importante, não para ficar um idoso sarado, mas para ser um idoso ativo. Alexandre Kalache, médico e presidente do Centro Internacional de Longevidade Brasil, foi um pouco mais além colocando a questão do momento de dificuldades que vive o país pela incompetência administrativa e a irresponsabilidade de seus dirigentes. Fala que hoje, no Brasil, os médicos que são formados, ainda estão no século passado e com pouco conhecimento. Continuando, Kalache diz que há um mantra que quanto mais cedo melhor, mas nunca é tarde demais. Não se cuidou aos vinte? Começa aos trinta. Não se cuidou aos trinta, começa aos cinquenta. Não foi aos cinquenta, começa aos oitenta. Porque sempre haverá ganhos, mas quanto mais cedo começar melhor, isso vale para nós individualmente e também para o governo e o Congresso (menos gastos na saúde). Se não começaram a se preparar para o envelhecimento da população, que comecem agora. Lá estava, também, a atriz Rosa Maria Murtinho, que disse que começou a cuidar de sua pele aos sessenta, falou de alimentação balanceada e de exercícios que fazia diariamente. Carlinhos de Jesus, disse que não era idoso, estava com 65 anos, que fez duas faculdades: Direito e Pedagogia e que só se realizou com a dança. A dança queima calorias, libera a endorfina e serotonina, melhora a hidratação da pele, a respiração, a circulação e o equilíbrio e previne doenças articulares. Foram, muito mais informações, das quais sempre tiramos muitos proveitos e acrescenta a nossos conhecimentos. Podemos, ainda, falar um pouco de Fernando Torquatto – maquiador e para ser breve diz que a beleza está em como você se olha no espelho e faz uma avaliação generosa sobre sua autoimagem. Lembrando sempre, que o excesso de produtos é ruim em qualquer idade. Consegui fazer muitas anotações e caberia aqui muitas outras informações mas seria um texto longo demais, razão pela qual vou ficando...

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...