O turismo se fortalece

Edição: 342 Publicado por: Deolinda Saraiva em 23/05/2013 as 14:15

 
Leitura sugerida

Os primeiros meses do ano foram de sufoco para grande parte do comércio turístico da cidade, provavelmente reflexo das dificuldades que a economia brasileira anda enfrentando e da alta de preços em geral.

Mas o mês de maio sinaliza com bons ventos para nosso turismo. O último final de semana foi de movimento no distrito, tanto por conta da Noite da Bossa Nova, realizada este ano no Clube de Conservatória, como também da Festa do Quilombo em Santa Isabel. Aliás, precisamos reconhecer o esforço de Danilo, da Pousada Serras Verdes, Roberto Velasquez, veranista apaixonado por nosso “Pedacinho do Céu”, Odilon da Pousada Sol Maior, e Rute, do Orquidário, que conseguiram tocar um projeto quase abandonado.

As pessoas que se dedicam a promover eventos em Conservatória vêm enfrentando dificuldades crescentes para manter o calendário tradicional. Fazer festa na praça está, agora, exigindo uma romaria burocrática de solicitações diversas para Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, autoridades municipais e de trânsito. Quem é que consegue arranjar tempo para correr atrás de tanta papelada e tocar seu próprio negócio – sim, pois a maioria que se esforça para manter o calendário tem pousada ou comércio na cidade? Por isso, a Noite de Bossa Nova foi feita no clube e, a despeito de todos os empecilhos, foi um sucesso.

Devagar com o andor

Porém, precisamos colocar as coisas em seus devidos lugares. Moro há 17 anos em Conservatória e, pela primeira vez, vejo uma administração dedicar seu tempo para discutir o fator turismo com a comunidade.

Antes de disparar críticas – verdadeiras ou por conta de oposição política oportunista –, é fundamental reconhecer o empenho do atual secretário de Cultura e Turismo, João Ewerton, que tem visitado constantemente o distrito para conhecer nossa realidade e ouvir nossas sugestões. E é claro que essa atitude é incentivada e tem apoio do prefeito Álvaro Cabral.

Então, que tal a comunidade de Conservatória dar um voto de confiança e um pouco de tempo para a nova administração municipal mostrar a que veio?

Há quase dois meses, João Ewerton convocou uma reunião com os responsáveis por eventos em Conservatória, realizada na Casa da Cultura. Foi criada uma Comissão de Turismo. E a Noite da Bossa Nova foi retirada do calendário por decisão da comissão e de seus promotores. Duas semanas atrás, fomos informados que o evento aconteceria no clube, por causa de falta de tempo para conseguir a papelada necessária para sua realização na praça. Vários comerciantes colaboraram para a realização do evento.

Baixar a poeira

Na segunda-feira, foi divulgado um e-mail coletivo informando que a Noite de Bossa Nova não teve apoio da Prefeitura e que também não teremos ajuda para um dos mais importantes eventos do calendário, o Dia do Seresteiro, no dia 25 de maio. Enviei esse e-mail para o secretário e ele imediatamente entrou em contato, para informar que não foi comunicado pela Comissão de Turismo da decisão de incluir novamente a Noite da Bossa Nova no calendário.

Também respondeu não ser verdade que o Dia do Seresteiro não terá apoio, pois o evento está sendo discutido por ele com a Comissão de Turismo e com Vitinho, que sempre incentivou e organizou o evento. João Ewerton falou sobre as dificuldades enfrentadas pela pasta, os obstáculos para realizar licitações obrigatórias até para comprar um prego e mostrou-se indignado com as críticas.

Então, amigos conservatorienses, vamos baixar um pouco essa poeira para ver as coisas com mais calma e clareza. E reduzir nosso instinto belicoso, que anda muito aflorado em Conservatória.

E torcer para que o Dia do Seresteiro fortaleça nosso comércio, ajude a manter empregos e seja sucesso como nos anos anteriores. Contamos com a Prefeitura!

Faça sua sugestão

Nossa coluna é feita com a colaboração de todos. Por isso, vamos colocar uma urna na cidade para receber sugestões dos moradores. Nosso amigo Piauí também será porta-voz da comunidade. Aguardamos sua participação.

Você também pode enviar e-mail para frilas@terra.com.br.

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...