Valença e o PróCuidar 

Edição: 666 Publicado por: Marcelo A. Reis em 25/09/2019 as 09:53

 
Leitura sugerida

Caro leitor; 

Comentei diversas vezes que chama a minha atenção o fato de diversos valencianos desqualificarem nossa cidade. Comparei com os vassourenses que sempre buscam levantar, mais e mais, as qualidades da terra deles. Não escondo o sol atrás de uma peneira. Valença tem problemas comuns a todos e também diversas coisas muito boas.

Futucando, há alguns meses descobri um projeto sensacional na FAA; o PróCuidar. 

É um programa de saúde e não de doenças, embora também aplique-se a trabalhos de recuperação e recondicionamento.  Com uma visão de conjunto e multidisciplinar, onde fazem parte educadores físicos, médicos, nutricionistas e enfermeiros trabalham na efetiva concretização do potencial de cada um. O primeiro que mencionou e sugeriu-me que aderisse foi o clínico geral/geriatra doutor Rogério Rocco. Estava, eu, buscando sair de uma depressão. Com o meu cartãozinho do SUS fui ao Hospital Escola. Inacreditavelmente, fui atendido individualmente, várias vezes e por profissionais das mais diversas formações.

Sucintamente. Através do velho ensinamento greco-romano da “mente sã em um corpo são”, aprendi a gerenciar o problema e perdi 25 (!) quilos, sem remédios. Só dieta e ginástica. Claro que foi necessária uma radical e constante autodisciplina. Sou outra pessoa, e mais, a custo zero. No popular: é tudo 0800!

Fiquei pensando como massificar, em nível Brasil, uma coisa assim...

Claro que para os que comercializam medicamentos e equipamentos caríssimos tal não interessa. Aos políticos também não. Não tem as inaugurações festivas e não existem propinas!

Em média, um tratamento preventivo custa R$ 1 e o curativo R$ 7!

É hora de nos agruparmos e enfrentarmos os problemas. De fazermos um PróCuidar para a cidade. Tenho visto algumas pessoas que cuidam de jardins e de canteiros.

Tem um jovem pai, creio que Rafael, que junta os seus filhos mais uns amigos e vão cuidar/recuperar canteiros nos mais variados pontos. 

É importante a nossa união individualmente e também coletivamente. 

Até a próxima. 

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...