Delegacia de Polícia completa um ano sob nova gestão

Edição: 750 Publicado por: Marcela Cotrim – Estagiária em 09/06/2021 as 07:48

 
Leitura sugerida

 

Valença – O delegado Carlos Cesar Santos completou, nesta quarta-feira (9/6), um ano no comando da 91ª Delegacia de Polícia de Valença. Durante sua gestão, o delegado reorganizou o prédio da unidade policial e resolveu rapidamente antigos problemas como o dos carros apreendidos que estavam parados em frente à Delegacia há anos. Como delegado titular, Carlos Cesar Santos também mantêm a cidade entre os cinco municípios com delegacias de pequeno porte que mais finalizam operações. picture00142.jpg Foto: Sandro Barra

 

Jornal Local - Quais foram as principais mudanças realizadas durante sua gestão?

Delegado Carlos Cesar Santos - A primeira parte foi a parte estrutural mesmo, da modificação física da delegacia, a limpeza, a retirada dos veículos antigos que foram levados para o pátio. Aqui dentro nós estruturamos várias salas que estavam abarrotadas de materiais que destruímos para aproveitarmos o local, pintamos e fizemos setores na delegacia. A delegacia anteriormente funcionava como um todo, a maioria das pessoas apuravam tudo, e aí quando chegamos, nós dividimos por setores. Então nós temos um setor para homicídio, um para entorpecentes, um para roubos e furtos, pessoas específicas que vão trabalhar cada um desses crimes. Com isso a nossa produtividade aumentou bastante, embora a gente saiba que o efetivo não é o suficiente. Aqui na delegacia, como em outras, temos pessoas exercendo duas ou três funções, o que não é o ideal, mas é o que nós temos. Em relação ao efetivo, pelo menos aqui na 5ª Delegacia Policial, a que nossa delegacia está subordinada, nós não podemos reclamar muito do efetivo não, têm delegacias com o efetivo bem inferior ao nosso. A gente estruturou dessa forma pois achamos que a produção fosse aumentar e realmente melhorou muito, pois têm pessoas especializadas. Por exemplo, para lei Maria da Penha, têm duas agentes especializadas nisso. Crimes contra criança, tem outra agente que também já fez curso, especializada para ouvir. Então achamos por bem fazer essa subdivisão. picture00161.jpg Foto: Divulgação

 

JL - Houve aumento da criminalidade na cidade?

CCS: Temos que dividir de duas formas: o crime sempre aumenta e nós estamos em 2021, mas a gente pega casos de 2017, 2018 que estamos solucionando agora. A grande demanda na área de Valença é o entorpecente. Aqui não tem uma grande facção de nome, o que impera é o crime no varejo, é aquela pessoa que vai pegar um entorpecente no Rio de Janeiro, ou em Barra do Piraí, para revender aqui.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...