Eles estão net – parte 2

Edição: 366 Publicado por: Giovanni Nogueira em 07/11/2013 as 15:55

 
Leitura sugerida

Na edição anterior abordamos como é o site do Balaio de Gato e falamos sobre como a internet tem se tornado cada vez mais popular. Também falamos que a mesma é um universo de possibilidades, onde há uma geração altamente conectada, disposta a revolucionar a maneira como lidamos com a produção e o conteúdo do entretenimento mundial. Nesta edição entrevistamos o jovem Franklin Couto, e sua opinião sobre este momento ímpar na história humana e como ele transformou seu antigo blog, em algo mais atrativo, pois como ele mesmo afirmou, “agora é a vez dos vídeos”.

Blog

Valenciano desbravador do universo virtual, Franklin iniciou o "Blog do Franklin" em outubro de 2010. Com 53 mil visualizações e 362 pessoas que “curtiram” o mesmo, o jovem fala sobre o objetivo. “O objetivo do blog é dar voz ao artista/cidadão valenciano devido à falta de oportunidades que os músicos, atores, artesãos, pintores, grafiteiros da cidade encontram ao tentar divulgar seus trabalhos. Já a parte que atende ao cidadão, é dar voz ao valenciano para expressar suas opiniões com relação aos acontecimentos da atualidade valenciana, podendo estender até a acontecimentos de âmbito nacional como foi o caso da cobertura das manifestações de julho e em um veículo de comunicação independente”, diz, reforçando a liberdade que qualquer pessoa tem tanto de ter um canal na internet, quanto de manifestar sua opinião.

Programa

Frank fala sobre o programa. “Estou juntando material para lançar a terceira temporada de matérias sobre arte e cultura em Valença. Isso garante conteúdo semanal para pelo menos dois meses e me dá a folga para colher material de conteúdo imediato - o que pode aumentar o número de episódios fazendo com que a temporada seja ampliada”, diz, explicando sobre as novas ideias. “Além das entrevistas com os artistas da cidade, haverá pilotos de programas temáticos inspirados em programas de TV porém com um toque de Web Série sendo assim mais livre, o que pode dar um tom mais denso. Vai depender do tema escolhido para o episódio”.

Futuro

De acordo com ele, a tendência é tudo mudar de forma cada vez mais rápida. “Antes era blog com fotos, hoje, todo mundo está postando vídeo em tempo real. Há o jump-cut (corte que quebra a continuidade do tempo pulando de uma parte da ação para outra) que é/foram mania dos vídeos, levando uma dinâmica, um novo formato”. Dentro de alguns anos, ou meses, mas em breve, todos terão óculos e poderão ficar 24 horas ligados na internet. “Eu precisei rever essa questão de ficar plugado na rede. Cheguei ao ponto de sentir falta, de ter que entrar pra dar uma olhadinha”, observou Franklin, que destacou: “A pessoa se sente só, e acha um lugar onde outras pessoas veem, ouvem e comentam o que ela postou, o que ela pensa. E aí não sente mais a solidão. Começa a depender daquilo como se fosse ar. E a vontade de estar me comunicando é o que me estimula a continuar na internet fazendo vídeos e escrevendo”.

Observações

Qualquer pessoa pode ter um blog, que são sites cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados “artigos” (ou “posts”), podem ser pessoais (tipo um diário com opiniões ou acontecimentos da vida), corporativo (ou de uma organização) ou de gênero (um assunto de interesse do usuário). Entre os mais comuns estão o Blogger e o Wordpress. Um blog típico combina texto, imagens e links para outros blogs, páginas da Web e mídias relacionadas a seu tema, e sua maior divulgação, ocorre através as redes sociais e o bom uso de TAGS, (marcações ao longo do texto que podem ser linkadas, acessadas, e direcionam o internauta para outro site). Os sistemas de criação e edição de blogs facilitam o usuário, disponibilizando ferramentas próprias que dispensam o conhecimento de HTML (a popular “linguagem de computador”).

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...