Condema discute o lixo e água

Edição: 413 Publicado por: Jornal Local em 09/10/2014 as 07:45

 
Leitura sugerida

Valença – Dois assuntos estão deixando a cidade extremamente preocupada: lixo e água. A ausência de avanços nos dois setores nos últimos anos acabou resultando numa série de problemas. No caso do lixo, Valença está sendo obrigada a correr para se ajustar a legislação federal e acabar com o Lixão de Quirino. Com relação à água, o problema é o rio das Flores, que no final deste inverno alcançou o nível mais baixo de sua história. As duas questões foram abordadas na reunião do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema).

O encontro contou com a presença do secretário de Meio Ambiente, Cyro Guimarães. Felipe Conceição, presidente do Condema, iniciou o debate do lixo falando sobre os prazos da Lei Federal 12.305/2010. Cyro falou das ações que já vêm sendo realizadas pela Prefeitura, em especial, a criação da Cooperativa de Catadores e o acionamento do Ministério Público para retirada da empresa que se instalou na Usina de Reciclagem de Lixo, no bairro Chacrinha. Falou sobre a substituição do Instituto Renovatec pelo Programa de Coleta Seletiva Solidária, desenvolvido pelo Inea, e que vai assumir a implantação do processo de coleta seletiva na cidade.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

1 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...
avatar

Observador em 10/10/2014 às 12:42 disse:

..."Com relação à água, o problema é o rio das Flores, que no final deste inverno alcançou o nível mais baixo de sua história".... Reforço meus comentários de edições anteriores do JL....o que será realizado para minimizar o impacto do esgoto “in natura” lançado antes da captação no bairro da Passagem, proveniente dos bairros da entrada de Valença, entre eles: Chica Cobra, Vale Verde, Esteves, Canteiro, Varginha e Chacrinha. A ineficiente estação de tratamento de esgotos localizada no pólo agrícola está desativada. Existe algum projeto para eliminar este esgoto "in natura" lançado antes da captação?
responder O comentário não representa a opinião do jornal! A responsabilidade é do autor da mensagem!
avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...