Médicos Residentes estão parados por melhorias

Edição: 475 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 23/12/2015 as 10:02

 
Leitura sugerida

Valença – Os cerca de dezoito médicos residentes que atuam no Hospital Escola Luiz Gioseffi Jannuzzi aderiram, na quarta-feira, dia 16, à greve nacional que está sendo organizada pela Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR). O objetivo da campanha é a busca por melhorias salariais e de condições de trabalho, entre outros. Na cidade, os profissionais recebem apoio dos estudantes de Medicina.

Os médicos Márcio Barbosa Lima Júnior e José Raphael Bigonha Ruffato explicaram que a greve já atinge 21 estados e tem, entre as reivindicações, a melhoria da bolsa que os profissionais recebem do Governo Federal, que vem defasada desde 2010. “Já tem um projeto de aprovação de reajuste”. Segundo Márcio, outro problema é o desconto do INSS, já que os profissionais não desfrutam de nenhum benefício do pagamento que é feito. O médico conta que os residentes também não recebem 13º porque recebem, apenas, uma bolsa. Outro problema é ausência de capacitação para os médicos preceptores, que são os especialistas responsáveis por repassar seus conhecimentos para os profissionais que estão em processo de residência.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...