FESTA DE SÃO JORGE VAI VIRAR PATRIMÔNIO IMATERIAL

Edição: 490 Publicado por: Redação em 14/04/2016 as 16:35

 
Leitura sugerida

Valença vai sediar mais uma edição da tradicional Festa de São Jorge, de 15 a 17 de abril. Na sua 50ª edição, os festejos serão organizados pela Associação Tenda Espírita Nossa Senhora Aparecida na Arena Municipal de Eventos (ao lado da Rodoviária Nova), com total apoio da Prefeitura Municipal. Em virtude da importância cultural e turística do evento para a cidade, a Prefeitura busca agora tornar a Festa patrimônio imaterial do Município.

A ideia agora é aumentar a força desta importante manifestação cultural. A Prefeitura de Valença, em breve, publicará Decreto, promovendo o tombamento da Festa como Patrimônio Imaterial do Município. Além disto, está sendo juntada ampla documentação, que fará parte de defesa a ser encaminhada ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), com o objetivo de conseguir o mesmo em nível nacional.

 

A Programação conta com vários shows e terá a Locução por Willian Silva:

Dia 15/04 – Sexta-feira

21h – Francisco e José

23h – Barreritos

 

Dia 16/04 – Sábado

21h – Felipe Trindade

23h – Flávio e Bira

 

Dia 17/04 – Domingo

14h - Tradicional Procissão à Cavalo com a locução de Raul Trindade

19h – Pressão do Forró

21h – Mineirinhos do Forró

23h – Guilherme Fernandes

 

A Prefeitura de Valença comemora a realização da 50ª Festa de São Jorge e agradece a parceria com a Associação Tenda Espírita Nossa Senhora Aparecida. Lembra que essas parcerias são salutares, pois incentivam o surgimento de novos promotores independentes para os eventos culturais da cidade. A Prefeitura continuará apoiando as diversas iniciativas – com infraestrutura adequada e documentação -, como já fez em eventos como o Encontro de Folias, o Carnaval Antigo de Rio Preto e fará, brevemente, na Festa de São Jorge de Barão de Juparanã e na Festa de Nossa Senhora da Glória, em agosto.

Fechamento de rua - Devido aos festejos, o trânsito de veículos pela Travessa Gumercindo de Oliveira (Mercado Municipal) será interrompido a partir das 19 horas. Pedimos a compreensão de todos.

Galeria de imagens

2 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...
avatar

Maury Vivas em 02/02/2017 às 19:04 disse:

Será que vai haver policiamento e fiscais para coibir os abusos sofridos pelos animais. E os moradores da Rua Alan Kardeck no Bairro de Fátima terão seus direitos de ir e vir assegurados. Depois que sai a procissão nossa rua se torna um caos. Os muros e portões das casas se tornam verdadeiros mictórios para os bêbados. Carros são estacionados em frente nossas casa e garagem impedindo qualquer saída. As ruas ficam cheias de excrementos dos animais. Pra quem não mora neste trecho de rua não é problema, a festa acaba e nós moradores é que temos que nos virar. Porque não fazem uma pesquisa pra saber a nossa opinião. Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Gostaria de ter uma resposta dos organizadores desta triste ideia.
responder O comentário não representa a opinião do jornal! A responsabilidade é do autor da mensagem!
avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...
avatar

Lisarb brasil em 15/04/2016 às 08:27 disse:

Infelizmente, está festa popular está perdendo a sua essência, pois virou uma verdadeira "baderna". Consumo exagerado de bebida alcoólica, maus tratos a animais, falta de respeito ao próximo, entre outros exageros... Será que está faltando fiscalização? Qual o limite de direito de um em relação ao outro?
responder O comentário não representa a opinião do jornal! A responsabilidade é do autor da mensagem!
avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...