Celetistas ainda com a vida indefinida

Edição: 550 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 14/06/2017 as 14:38

 
Leitura sugerida

Valença – Mesmo com a certeza da demissão, a situação dos 79 celetistas da Prefeitura ainda continua indefinida. Em reunião realizada em Volta Redonda, com a presença de representantes do Ministério Público Estadual (MPE) e do Trabalho (MPT), da Prefeitura de Valença e do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe), o questionamento foi quanto à ausência de dados mais consistentes por parte do Município quanto aos valores devidos aos profissionais. A demora pode gerar problemas jurídicos ao Governo.

O encontro aconteceu no dia 6 de junho, na Procuradoria do Trabalho em Volta Redonda, com a presença do promotor do Trabalho, Rafael Garcia Rodrigues, e a promotora do MPE, Laura Minc Baumfeld. A Prefeitura de Valença foi representada pelo procurador geral do Município, Marcio Roncalli Almeida Petrillo, e pela secretaria de Fazenda, Rosemere Cesar de Souza. O Sepe foi representado na reunião pelo diretor Danilo Serafim. No encontro, a Prefeitura de Valença, ao ser questionada sobre as informações solicitadas pelo MPE em encontro anterior, ocorrido em maio deste ano, informou estar de posse de duas relações: uma listagem dos servidores reintegrados; e outra, acompanhada de ofício do INSS, informando quais servidores já foram aposentados. Contudo, os próprios representantes da PMV reconheceram que as informações estavam incompletas e o conteúdo não era plenamente confiável.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...