Droga é encontrada enterrada em quintal e homem vai preso

Edição: 550 Publicado por: Redação em 16/06/2017 as 07:45

 
Leitura sugerida

Valença – Em uma ação da Polícia Militar, na tarde de quinta-feira, dia 8/6, um morador do bairro Carambita acabou sendo preso por tráfico de drogas. A ação dos agentes contou com a presença do comandante Silva Cruz. Através de determinação da sala de operações, policiais militares compareceram em uma residência a fim de verificar denúncia de que dois suspeitos estariam realizando tráfico de entorpecentes. Os agentes, chegando ao local, tiveram autorização para entrar na residência, pelos pais de Glauber S. de Mello, 19 anos, e pelo pães de um menor de idade. Após buscas de entorpecentes foram localizadas 45 trouxinhas contendo erva seca, picada, dezesseis pinos contendo pó branco e 32 sacolés plásticos vazios no interior de uma lata enterrada no quintal da casa dos mesmos.  Foi dada voz de prisão a Glauber e informado de seus direitos constitucionais. Já o menor não estava na residência no momento da abordagem e sua mãe não soube informar seu paradeiro. Diante das circunstâncias, os envolvidos foram conduzidos para a 91ª Delegacia de Polícia. O fato foi comunicado ao delegado titular Luciano Coelho que determinou a apreensão e o envio do material para o Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), onde o perito de plantão Willian Leite constatou ser cocaína na quantidade de 8,1 gramas e 71,4 gramas de maconha. Em virtude dos fatos, a autoridade policial enquadrou Glauber no Artigo 33, da Lei 11.343/2006, tráfico de entorpecentes ficando o mesmo preso em flagrante, encaminhado para carceragem e ficará preso na Cadeia Pública de Volta Redonda aguardando por decisão da Justiça. O menor se apresentou posteriormente na sede policial, sendo ouvido e liberado e responderá pelo crime de Fato Análogo ao Artigo 33 Capítulo da Lei 11.343 / 2006. A ação de mais uma ocorrência que com êxito tirou entorpecentes e acabou na prisão de mais um elemento contou com o sargento Corvino, Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO), composta Grijó, cabo Terra e soldado De Paiva, com participação dos sargentos Alves e Furtado do Departamento de Policiamento Ostensivo de Conservatória. (RO: 638/91/2017/BOPM:2121074/2017).

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...