Blindado de guerra perde os freios e causa acidente

Edição: 567 Publicado por: Redação em 11/10/2017 as 11:11

 
Leitura sugerida

Valença – Um acidente inusitado assustou quem mora ou passava pela rua Comendador Antônio Januzzi, no bairro Belo Horizonte. Um blindado, conhecido como “Urutu”, pesando quarenta toneladas, causou um acidente de trânsito, no início da tarde da segunda-feira, dia 9/11. O veículo pertence ao 1º Esquadrão de Cavalaria Leve Tenente Amaro e segundo informação o veículo quando deixava a unidade militar, com dois militares a bordo, nas proximidades da igreja de Nossa Senhora de Fátima, sentido avenida Geraldo de Lima Bastos, teve uma pane nos freios, ficando descontrolado, vindo a atingir cinco veículos que estavam estacionados na rua, sendo um Corsa, uma Pampa, um Gol da (Prefeitura de Valença), um fusca e um Fiesta. Por sorte, ninguém se feriu. A Polícia Militar e a Guarda Municipal estiveram no local, sendo preciso o fechamento da rua, por causa de o blindado e os veículos terem ficado espalhados. A rua foi interditada para o trânsito e preservada para perícia. Posteriormente, os veículos foram retirados. O blindado tem a capacidade para doze ocupantes. O Exército abrirá uma sindicância para apurar o acidente.

Nota à Imprensa

O major Rafael Barbosa Pereira, comandante do 1º Esquadrão de Cavalaria Leve (Aeromóvel) vem a público para esclarecer o acidente ocorrido no dia 9/10, por volta das 12h30, na rua Comendador Antônio Jannuzzi, próximo ao número 108, no bairro Belo Horizonte, com uma viatura Blindada de Transporte de Pessoal, (VBTP) Urutu, do 1º Esquadrão de Cavalaria Leve – Esquadrão Tenente Amaro, que se deslocava para um exercício. Não houve nenhuma vítima e apenas danos materiais que serão ressarcidos na maior brevidade possível. O Comando do Esquadrão Tenente Amaro reitera o pedido de desculpas por todos os transtornos causados a toda a sociedade valenciana, agradece a compreensão dos moradores do local que tiveram a acesso a suas casas restrito durante a tarde do referido dia e informa aos que tiveram algum tipo de prejuízo material que o processo administrativo já foi iniciado, de maneira que todos possam ser ressarcidos. Informa ainda que a perícia já foi realizada no local e na viatura em questão, tanto pela Polícia Civil quanto pelos peritos do Exército, de maneira a encontrar a causa do referido acidente, uma possível falha no sistema de freios da viatura. O Esquadrão Tenente Amaro permanece de portas abertas para quaisquer esclarecimentos e apoios que se fizerem necessários.

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...