Empresários falam de dificuldades e apresentam sugestões

Edição: 568 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 18/10/2017 as 08:26

 
Leitura sugerida

Para os empresários Alexandre Morais, da Pousada Arara, e Amarildo Machado, do Hotel Palmeira Imperial, a parceria entre o Poder Público e a iniciativa privada, além da união dos empresários em prol de um projeto duradouro, são importantes para incremento do turismo no restante do município. Eles ainda ressaltam a necessidade de um calendário de eventos fixo na sede.

Alexandre Morais, proprietário da BRVal Electral (antiga Precisa), adquiriu há um ano a Pousada Arara, onde vem fazendo investimentos e ampliações. Ele apontou algumas demandas importantes para melhorar a estrutura de turismo na cidade. A primeira ação, na sua opinião, seria criar comissão, formada por empresários do setor, Poder Público e outras instituições, para poder discutir os problemas turísticos da cidade. “Para dar início, após a criação da comissão, seria contratar, até mesmo com o apoio do Sebrae, que tem ferramentas para isso [...], e fazer um trabalho de diagnóstico e potenciais turísticos para a cidade”. Outra ação, segundo ele, seria a construção do pórtico, sinalizado. “Nós deveríamos ter, pelo menos, dois pórticos, entre Ipiabas e Conservatória; e outro em Barra do Piraí e Valença”. Alexandre afirma que o pórtico entre Ipiabas também ajudaria a mostrar ao turista do distrito as demais atrações do município.

Alexandre destacou a importância de melhorar os pontos turísticos e deu como exemplo as péssimas condições da estrada de acesso do Açude da Concórdia. Acha que o Mirante do Cruzeiro deve ser melhor divulgado e que deve haver maior apoio ao projeto da Uvafer (União da Preservação da Memória Ferroviária). “Uma outra sugestão que Valença merecia, eu acho, seria um Museu da Indústria Têxtil!”. O empresário disse que faz muita falta um material promocional dos pontos turísticos da cidade. Por último, ele aponta que a rua do Mineiros deveria ser fomentada a se tornar um polo gastronômico. “Seria muito legal se tivéssemos uma música ao vivo nos finais de semana”. Alexandre ressalta que Conservatória já trabalha isso bem.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...