O Fantástico mundo do RPG

Edição: 574 Publicado por: Juliana Dias – Estagiária de Jornalismo em 29/11/2017 as 10:11

 
Leitura sugerida

Valença – A sigla RPG, que para muitos significa Reeducação Postural Global, possuía muito antes um outro significado: Role Playing Game, em outras palavras, um jogo de interpretação. Recentemente, a pratica que teve início nos anos setenta, vem ganhando força novamente com eventos, campanhas de financiamento coletivo e séries como Stranger Things. Mas mesmo assim ainda há muita gente que não entende o que é e como se joga.

O hobbie consiste em reunir um grupo de amigos, enquanto um é o narrador da história, os outros criam seus personagens e os interpretam na aventura narrada, contando com os valores nos dados para determinar o sucesso de suas ações. Basicamente, um jogo que mistura rolagem de dados e teatro improvisado. O mestre, ou narrador, monta a história a ser jogada com base em um cenário e sistema pronto de RPG ou inventa o seu próprio. Atualmente são vários os cenários e sistemas diferentes, tanto internacionais quanto nacionais, que vão de cenários futuristas a medievais.

Segundo Rafael Fontes, que joga RPG há quinze anos, a pratica teve origem com os americanos Gary Gigax e Dave Anerson, que costumavam jogar jogos de tabuleiro de guerra. Em um desses jogos, a ideia do RPG veio do questionamento em cima de uma fortaleza impenetrável que um jogador criou. Como solução, um jogador disse que o seu “melhor soldado” iria invadir pelos túneis da fortaleza e abriria passagem, assim abrindo caminho para a interpretação em um jogo de regras rígidas envolvendo números e valores.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...