Novos indícios sobre a idade do Hotel Valenciano

Edição: 575 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 06/12/2017 as 09:02

 
Leitura sugerida

Valença – Na edição 572, de 16 de novembro, o Jornal Local publicou reportagem acerca de um mistério ainda em busca de solução: o número “1917”, afixado na fachada de um dos prédios mais bonitos da cidade, o Hotel Valenciano, na praça Paulo de Frontin. Comum em prédios antigos, estes números sempre foram utilizados para marcar a data de suas inaugurações. Ou seja, o imóvel teria agora 100 anos de existência. Contudo, na reportagem, historiador demonstrou que o Hotel teria tido suas obras concluídas em 1919, colocando por terra essa hipótese. Mas o registro incomodou uma das proprietárias do Hotel. Segundo ela, a data do término da obra pode não ser a data de sua inauguração.

Maria Ester Pellegrini é um dos seis irmãos que herdaram o imóvel, adquirido pelo avô Floriano Pellegrini na década de 60. Ester, além de advogada, é pesquisadora. Foi ela quem encontrou os indícios de que o prédio pode ter sido, realmente, inaugurado em 1917. “Eu encontrei uma documentação no Cartório de Registro de Imóveis, que é desde quando o Antônio Jannuzzi começou a adquirir o terreno em si. Foram dois terrenos, um com frente para a Dr. Figueiredo, praça Paulo de Frontin; e outro, com frente para a Mário Castilho”. Segundo ela, esse documento afirma que a aquisição dos dois terrenos se deu em 1912. Para a advogada, a construção do Hotel Valenciano teve início em 1912 e foi até 1917, quando ocorreu a inauguração. Ester acredita que a obra, posteriormente, ainda teria continuado até 1919, mas o número na fachada e outros indícios apontam que a inauguração aconteceu antes do término da construção do edifício.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

1 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...
avatar

Lucia Villaboim em 06/12/2017 às 11:12 disse:

A arquitetura do prédio é linda! Os ambientes espaçosos. Uma pena estar se deteriorando. Se pudessem reformar, com certeza seria um grande hotel para a cidade.
responder O comentário não representa a opinião do jornal! A responsabilidade é do autor da mensagem!
avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...