A batalha contra a Febre Amarela

Edição: 597 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 16/05/2018 as 08:31

 
Leitura sugerida

Valença – Se houve situação que assustou a população fluminense, especialmente, a valenciana, foi o grande número de casos registrados, com muitos óbitos, provocados pela Febre Amarela. Foi aqui que o avanço da doença se tornou, no início do ano, motivo de apreensão, já que a Febre alcançou rapidamente números significativos. Contudo, após forte atuação da Prefeitura e a compreensão da população, a doença foi estagnada no município. O Jornal Local buscou da secretária de Saúde maiores informações sobre as ações que acabaram tendo êxito na contenção da Febre Amarela.

O Setor de Imunização da Prefeitura de Valença informa que a Campanha de Vacinação contra a Febre Amarela realizada em 2018 atingiu o percentual de mais de 95% de cobertura. Depois dos seis óbitos e o grande número de casos confirmados, o avanço progressivo da doença estagnou na cidade. De acordo com Soraia Graça, secretária de Saúde, o atual status de controle da doença em Valença só foi possível graças ao esforço da equipe da Secretaria e demais órgãos do Município. Ela lembra que a notícia, em janeiro, caiu repentinamente na cabeça de todos, mas, ainda naquele momento, foi tomada a sério e várias medidas começaram a ser efetivadas: reuniões com médicos, enfermeiros, técnicos e representantes da Secretaria Estadual de Saúde. “Nós trabalhamos dez dias, de 7h da manhã às 19h, sem parar!”.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...