Dupla dançou com tablete de maconha no bairro de Fátima

Edição: 597 Publicado por: Redação em 16/05/2018 as 10:46

 
Leitura sugerida

Valença – No fim da manhã da segunda-feira, dia 15/5, uma denúncia anônima foi repassada para sala de operações da Polícia Militar. Com isso desencadeou-se a prisão de dois elementos por tráfico de drogas e também na apreensão de um tablete de maconha. O caso ocorreu na rua Gervásio Gomes de Azevedo, bairro de Fátima. De acordo com as informações, o vulgo Dedé, 25 anos, iria receber do vulgo Tatu, 18 anos, em torno de um quilo e meio de maconha e que a mercadoria seria entregue próximo à mina de água do bairro Passagem. Foram mobilizados agentes ao local, onde se dividiram. A equipe um ficou no alto do morro perto da referida mina e a equipe dois ficou na rua Gervasio Gomes de Azevedo. Em certo momento, a equipe um pode observar Tatu passando uma sacola plástica para Dedé, saindo rapidamente em direção à rua Gervasio Gomes de Azevedo, fato este informado via rádio para a equipe dois. Em ato contínuo, os agentes tiveram êxito em abordar Dedé onde o mesmo estava de posse da sacola plástica que continha dois tabletes grandes de erva seca e prensada além de um celular Samsung. Uma mulher estava com Dedé, porém um pouco mais atrás. Realizada abordagem na mesma, nada de ilícito foi encontrado. Foi dada voz de prisão ao casal. Em continuidade à ocorrência também foi detido Tatu e feita abordagem e localizado um celular Samsung. As três pessoas receberam voz de prisão sendo conduzidas para a 91ª Delegacia de Polícia, os fatos foram apresentados ao inspetor Cristiano, após contato com o delegado Luciano Coelho, que determinou o envio do material para o Posto Regional de Polícia Técnica e Científica de Barra do Piraí, sendo constatado ser um quilo gramas de maconha. Dedé e Tatu foram enquadrados no Artigo 33 e Artigo 35 da Lei 11.343/06 (Tráfico e associação ao tráfico de drogas), ficando ambos presos em flagrante e conduzidos para carceragem, posteriormente para a Casa de Custódia em Volta Redonda, ficando presos à disposição da Justiça. A mulher foi envolvida como testemunha sendo ouvida e liberada. Ocorrência realizada pelo subtenente Jairo, sargento Grijó e cabo Terra, com auxílio do cabo Pizerchio e soldado Nascimento. BOPM:2541999/RO:91/875/2018.

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...