Merenda bem fiscalizada

Edição: 601 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 13/06/2018 as 09:13

 
Leitura sugerida

Valença – Conselho da Alimentação Escolar (CAE): assim é conhecida a entidade de representação civil que tem por função fiscalizar os produtos que chegam nas unidades escolares municipais para a merenda dos alunos. Com nova composição e presidência, o CAE afirma que, diferente de gestões anteriores, o trabalho está sendo realizado com total transparência e que a população tem como participar.

O Jornal Local conversou com os novos presidente e vice-presidente do CAE, respectivamente, Márcio da Silva e Maria Simone Nogueira Gomes (ambos representantes da sociedade civil – Associação de Moradores), além de Ventura Alves de Souza Neto (representante do Conselho Tutelar) e Graziele Tavares (representante dos pais). Eles falaram sobre a mudança de gestão e de composição do Conselho. “A eleição foi realizada no dia 7 de fevereiro de 2018. Ela foi composta por vários membros da sociedade civil, dos representantes dos pais e alunos e também da área governamental. E a gente começou, a partir dessa eleição, a fazer a nossa atuação como determina a lei, fazendo nosso papel fiscalizando a merenda escolar e fazendo as reuniões periódicas mensais”.

Segundo o presidente do CAE, os membros já fizeram visitas em nove escolas do distrito sede e a ideia agora é partir para os distritos. Ele conta que as visitas são feitas de surpresa nas escolas, sem data ou horário marcado. “As escolas não são avisadas. É uma visita surpresa. Até o momento, a gente não conseguiu ver, por parte de merenda escolar, nenhuma irregularidade. O Governo está atendendo a demanda como determina a lei”. Márcio conta que as direções das unidades escolares também não têm apresentado nenhuma queixa contra a Prefeitura. A única situação encontrada fora do normal foi que, até o momento, a Rede não tem cardápio da merenda para este ano. Segundo Graziele, o problema foi ocasionado pela saída da nutricionista e o tempo necessário de trâmite para a contratação de outro profissional. Mas o CAE ressalta que o cardápio de 2017 está sendo utilizado e os valores de nutrição desejados estão sendo atingidos.

Márcio lembra que, além de fiscalizar a qualidade da merenda que chega às escolas e creches da Rede Municipal, o CAE tem como função a fiscalização da verba destinada à compra da merenda. Segundo o presidente, cabe ao Conselho acompanhar, inclusive, os processos licitatórios.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

1 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...
avatar

José em 13/06/2018 às 16:03 disse:

Parabéns Secretária de Educação e Prefeitura em geral por esse feito, tão raro nos dias de hoje.
responder O comentário não representa a opinião do jornal! A responsabilidade é do autor da mensagem!
avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...