Desaposentadas buscam o por quê?

Edição: 603 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 27/06/2018 as 08:48

 
Leitura sugerida

Valença – Como foi informado na edição 569 (Out/2017) do Jornal Local, o Previ Valença estará recebendo determinações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) e revogando várias aposentadorias concedidas de 2014 a 2016. Na segunda-feira, dia 25/06, várias ex-aposentadas estiveram na Câmara de Vereadores, em reunião da Comissão Permanente de Previdência com a presença da direção do Previ, do Sindserv e de representante do Conselho Municipal de Previdência. Na oportunidade, o debate foi quem tem a competência para aposentar ou desaposentar e por quê?

O encontro foi dirigido pelo presidente da Comissão, vereador David Nogueira. Marquinhos da Saúde e Fábio Antônio Jorge também estiveram presentes, além dos assessores de Marcelo de Santa Isabel e Michele Cabral. Respondendo às suas indagações iniciais, a diretora-presidente do Instituto de Previdência, servidora Sonia Vilela, fez diversos apontamentos sobre a questão das aposentadorias revogadas, destacando que a gestão anterior do Previ, no período entre 2014 e 2016, deixou de enviar ao TCE os novos processos de aposentadoria concedidas, o que só feito a partir de 2017 pela gestão atual. Agora, após a análise do Tribunal, várias aposentadorias foram consideradas ilegais, especialmente, as concedidas a Especialistas em Educação com prazo de tempo de serviço incompleto. Sonia falou também dos problemas de falta de pessoal, o que gera problemas para o Instituto para melhorar o atendimento ao público.

Ela destacou ainda todas as iniciativas que o Previ precisou tomar para regularizar a vida do Regime junto às normas legais pertinentes, o que está impactando na vida do usuário. Sonia defendeu o Conselho Municipal de Previdência, alegando que é uma entidade muito participativa, com reuniões duas vezes por semana e composição inteiramente de servidores. Afirmou, por fim, que o Previ tem se pautado pela legalidade acima de tudo e que todas as medidas que a atual gestão vem aplicando têm como único objetivo garantir que o Regime Próprio de Previdência continue viável ao longo do tempo.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...