Cidade se prepara para mais um Sete de Setembro

Edição: 612 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 29/08/2018 as 14:55

 
Leitura sugerida

Valença – A Secretaria Municipal de Educação realizou, na última semana, três reuniões importantes. O objetivo foi o fechamento dos últimos detalhes para o tradicional Desfile de Independência, que acontecerá na sexta-feira, dia 7 de setembro. Várias questões acerca da estrutura do evento, como segurança, programação, situações de emergência, etc., foram debatidas nos encontros.

Foram três reuniões – 20, 21 e 23 de agosto –, usadas pela secretária de Educação, Maria Aparecida de Almeida, para definir junto às diferentes instituições, a estrutura do desfile. Ela se encontrou com os diretores e coordenadores das escolas municipais, com representantes de corporações musicais e da Rede Estadual e, na última reunião, com órgãos ligados à segurança pública e atendimento de saúde. As reuniões foram realizadas no auditório da Secretaria de Educação. No dia 23, a secretária esteve com representantes da Guarda Municipal, do Corpo de Bombeiros, da Coordenadoria Municipal de Trânsito e do Setor Municipal de Ambulâncias. O principal assunto desta última reunião foi a estrutura de segurança dos alunos que participam do desfile e das pessoas ao qual assistem.

Entre as questões mais importantes, destaque para o debate sobre o melhor posicionamento das bases das ambulâncias. De acordo com o setor, no ano passado, as ambulâncias tiveram ocorrências com crianças passando mal e dificuldades no socorro, por conta da localização. Segundo os técnicos, seria necessária a instalação de base mais próxima do início da avenida Nilo Peçanha. Além disso, sugeriram que a Guarda Municipal destaque agentes para auxiliar na liberação da passagem dos veículos. Outro pedido do Setor de Ambulâncias da Prefeitura foi que a Secretaria de Educação solicite o apoio do Samu. De acordo com o croqui do evento, ficaram definidos dois locais para base de ambulância: travessa Ventura Alves de Souza (Beco do Fórum) e rua Silva Jardim. O Corpo de Bombeiros informou que também terá ambulância a postos no local.

Haverá também dois pontos para distribuição de água para os alunos: no portão da praça XV de Novembro (Jardim de Baixo) e na Rodoviária Floriano Sobral (Rodoviária Velha). Para atendimento à população, serão posicionados dois locais com banheiros químicos: Jardim de Baixo e Beco do Fórum.

Trânsito

De acordo com a secretária, várias ruas serão fechadas a partir das 5h pela Coordenadoria de Trânsito, no Dia do Desfile. Além de parte da avenida Nilo Peçanha, local do evento, serão fechadas ao trânsito as ruas Padre Luna (e a sua continuidade, na praça XV de Novembro), Araújo Leite, Silva Jardim e parte da rua Benjamin Guimarães. Na avenida Nilo Peçanha, a interdição deve ir até a esquina da rua João Pereira. Segundo Aparecida Almeida, a coordenação do evento registrou, em 2017, problemas por causa do trânsito livre na rua Benjamim Guimarães. A interdição tem como objetivo dar mais segurança aos alunos, que utilizarão essas vias como áreas de dispersão.

Haverá lanche para os estudantes ao final do desfile de cada pelotão, na Escola Municipal Deputado Luiz Pinto. Os motoristas devem ter atenção redobrada com relação aos veículos de transporte de alunos, que ficarão estacionados na rua Dr. Figueiredo (Rua da Prefeitura). O mesmo vale para a concentração de veículos, da Associação Carros Antigos Carburados (que também participará do desfile), em torno do Jardim de Baixo (em frente à Câmara Municipal e do Restaurante Colonial).

Desfile

A secretária pediu maior atenção da Guarda Municipal, responsável pela manutenção da ordem durante o desfile, para os vendedores ambulantes. No último ano, foram registrados problemas com pessoas que estavam transitando e atrapalhando o evento, inclusive, colocando em risco suas próprias vidas e a de terceiros, em virtude da passagem das viaturas. Houve casos, informou ela, de situações de resistência à solicitação de liberação do local. A Secretaria de Educação ficou de solicitar apoio à Polícia Militar para intervenção conjunta com a Guarda, para auxiliar nessas situações. Ficou definido o horário de 8h para Concentração: na rua Araújo Leite, entre a Nilo Peçanha e Jardim de Baixo), ficarão as escolas e corporações musicais; e entre a avenida e a rua Sebastião F. Vieira, as viaturas do Exército, Polícia Militar, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros.

Às 8h30, acontecerá a Revista de Tropas e às 9h, o início do Desfile. A programação completa será divulgada na próxima edição do Jornal Local.

Galeria de imagens

2 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...
avatar

Limpeza em 30/08/2018 às 17:24 disse:

independência de que, onde e quem?
responder O comentário não representa a opinião do jornal! A responsabilidade é do autor da mensagem!
avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...
avatar

José Ricardo em 30/08/2018 às 09:06 disse:

Depois de tantos anos nebulosos, a cidade volta a valorizar o que era, em passado distante, o seu segundo maior evento (o primeiro era a Festa da Glória). Parabenizo a gestão atual por valorizar o que deveria estar nos corações de todos: o amor à pátria e a sua história. E mais ainda por atuar buscando corrigir alguns aspectos negativos, que sempre existirão.
responder O comentário não representa a opinião do jornal! A responsabilidade é do autor da mensagem!
avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...