Tragédia no Museu continuará se repetindo?

Edição: 614 Publicado por: Paulo Henrique Nobre em 12/09/2018 as 08:52

 
Leitura sugerida

Valença – O incêndio que dizimou o prédio e o acervo do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, afetou todo o país. Latentes ficaram o despreparo da gestão daquela unidade de cultura e a ausência de investimentos públicos para prevenir sinistros como esse. Para quem mora aqui, a ocorrência lembrou outra, de 2001, quando o Casarão das Artes, na Ladeira da Catedral, e todo o seu acervo, foram totalmente consumidos pelas chamas. A pergunta que fica é: desde esse episódio, a cidade se preparou para prevenir e/ou atuar em situações como esta?

Para o historiador Adriano Novaes e a arquiteta Sônia Rachid, do escritório do Inepac (Instituto Estadual do Patrimônio Cultural) em Valença, a situação ocorrida na capital do Estado deveria acender sinal de alerta em todas as cidades com centros históricos. Segundo Adriano, o incêndio no Museu Nacional e de seu acervo é uma perda irreparável para o país, como foi a perda do Casarão das Artes e do seu acervo para Valença. De acordo com o historiador, o município tem esse trauma e quem presenciou o incêndio do Casarão das Artes sabe que havia tempo para salvar a biblioteca, se o Bombeiro tivesse chegado a tempo e se houvesse água. “Nós perdemos a certidão de nascimento da cidade, que é o Livro Tombo das Terras dos Índios que deu origem à cidade. Esse é um dos documentos que a gente, nunca mais, consegue recuperar. [...] O que restou de documentação hoje, está sob a guarda da Fundação Dom André Arcoverde!”. Segundo Adriano, além do Museu Médico e da Pinacoteca, o prédio da Santa Casa de Misericórdia guarda todo o acervo do Centro de Pesquisa e Documentação Histórica da FAA. Nesse acervo, ele destaca grande parte da documentação da Câmara Municipal, jornais da Academia Valenciana de Letras, do Cartório de Registro Civil, fotografias, etc.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...