Mulher é presa com 1.740 kg em tabletes de maconha em táxi

Edição: 620 Publicado por: Redação em 24/10/2018 as 11:58

 
Leitura sugerida

Valença – O tráfico de entorpecentes teve um alto prejuízo com a apreensão de tabletes de maconha. A ocorrência também terminou na prisão em flagrante de uma mulher.

Dois policiais militares tiveram êxito em prender uma mulher moradora de Volta Redonda, com tabletes grandes de maconha em um táxi por volta de 23h30 da quinta-feira, dia 18/10. Os agentes, quando realizavam patrulhamento na rua Humberto Pentagna, no bairro de Fátima, tiveram atenção voltada para um táxi com placa de Volta Redonda, aparentemente perdido. O veículo foi abordado e os policiais identificaram três pessoas no carro. Os três demonstravam certo nervosismo, o que despertou a suspeita dos PMs. Na abordagem ao interior do taxi, foram encontrados três tabletes de entorpecentes em uma mochila que pertencia a Amanda Cristina da Silva Fernandes, 32 anos.

Ao ser questionada, ela disse que não sabia que estava portando o material e que iria se encontrar com uma pessoa em um bar, próximo à FAA, onde iria entregar a mochila. Todos receberam voz de prisão, sendo conduzidos para 91ª Delegacia. O caso foi encaminhado ao delegado Luciano Coelho, que enviou o material para perícia, sendo constatado tratar-se de 1.740 kilos de maconha. De acordo com informações, cada tablete tinha valor avaliado em R$ 2.000. Posteriormente, os valores seriam triplicados para a venda.

Após análise do caso pelo delegado, dois dos suspeitos foram ouvidos e liberados e Amanda foi autuada no Artigo 33 da Lei 11.343/2006 (Tráfico de Entorpecentes), sendo encaminhada para carceragem e, posteriormente, para um presídio no Rio de Janeiro. Ocorrência foi realizada pelos cabos Marcos Daniel e Vassalo, da Rádio Patrulha (BOPM: 2348391 / RO: 091/01897/2018).

 

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...