Fliva 2019 debaterá o tema “ Palavras desarmam, sonhos constroem”

Edição: 648 Publicado por: Jornal Local em 22/05/2019 as 16:46

 
Leitura sugerida

Valença - Terá início no dia 29 de maio mais uma Feira Literária de Valença. A Fliva 2019, em sua sétima edição, está com a programação quase fechada e muitos nomes de peso – nacional, regional ou local - estarão em Valença para lançar seus livros, realizar palestras ou desenvolver inúmeras outras atividades intelectuais, culturais ou de lazer.  Neste ano, a Feira acontecerá com o tema “Palavras desarmam, sonhos constroem”.

A Fliva 2019 acontecerá de 29 de maio a 1º de junho (quarta, quinta, sexta e sábado), na praça Visconde do Rio Preto (Jardim de Cima), no Centro. Segundo o idealizador e promotor da Feira, Leonardo Pançardes, o tema se torna necessário nesse período, pois é preciso pensar melhor sobre essa política de armamento da população e dos sonhos que nos movem. O impacto cultural e econômico da Fliva e o trabalho realizado pelo grupo Valença In Foco de revitalização de praças também será debatido.

Ainda na quarta-feira, o arquiteto internacionalmente conhecido, Marcos Woelz, fará palestra sobre Permacultura e Cidade Criativa, mostrando projetos que fez fora do Brasil.

Academia participará

A Academia Valenciana de Letras (AVL) está confirmada na edição deste ano da Feira do Livro de Valença (Fliva). A instituição, além de presença nos estandes de exposição e no quadro de palestras, será a responsável pela vinda de uma das atrações especiais da sétima edição do evento. Trata-se do jornalista e escritor Sidney Garambone, que lançará na feira, o romance “Fausto tropical”. Além de autografar sua obra, Sidney Garambone dará seu depoimento sobre as carreiras jornalística e de escritor, ao também jornalista Gustavo Abruzzini – presidente da AVL, no sábado, dia 1º/6, às 18 horas.

Recém-lançada no Rio de Janeiro, a obra de Garambone chega a Valença com o aval de outro jornalista: Pedro Bial é o autor da apresentação da obra, constante da ‘orelha’ do livro. “O Diabo, ele mesmo, que brilhou nas páginas de Goethe, Mann, Valéry, Bulgakov, Benet, Rosa, Mateus, João e Tiago, entre mais incontáveis profetas e poetas, desembarca no assento de passageiro de um fusca carioca, onde se inicia um embate metafísico que arrasta o leitor (...)”. Este trecho da ‘orelha’ de Fausto Tropical, redigido pelo poeta e jornalista Pedro Bial, dá o mote do novo romance de Sidney Garambone. Apesar de cobrir esporte na televisão, o escritor Garambone elegeu como tema de seu livro um enredo clássico da literatura universal – o encontro entre um mortal e o Diabo – atualizando-o com referências eruditas e populares, criando um texto ágil, divertido e atraente, pleno de literariedade e profundidade, fazendo jus aos assuntos abordados: verdades e mentiras, vida e morte.

Sidney Garambone é jornalista e autor de “O caçador de barangas” (7Letras), “A Primeira Guerra Mundial e a imprensa brasileira” (Mauad), “Eu, Deus” (Record) e “Os 11 maiores volantes do futebol brasileiro” (Contexto). Comentarista da GloboNews e do Sportv, também é editor-chefe na TV Globo dos programas Grande Círculo, Boleiragem e Bem, Amigos. “Fausto tropical” é seu segundo romance.

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...