Novo rumo para o lixo valenciano

Edição: 651 Publicado por: Redação em 12/06/2019 as 09:59

 
Leitura sugerida

Valença - Senhor Raimundo sustenta a família através da venda do lixo reciclável que ele coleta pelas ruas de Valença. Atualmente, ele recicla, por mês, aproximadamente uma tonelada de sucata de ferro e cerca de seiscentos quilos de pet e 140 quilos de latinha de alumínio e panela. Agora, ele e muitos outros catadores valencianos contarão com um grande e valioso auxílio. Isso porque teve início nessa sexta-feira, 7, a parceria entre Fundação Educacional Dom André Arcoverde (FAA) e a Casa de Acolhida Amigos da Rua.

A parceria tem como intuito conscientizar ainda mais toda a comunidade da FAA. Terá início entre colaboradores e alunos do Centro de Ensino Superior de Valença (CESVA/FAA). Futuramente, se estenderá às outras mantidas pela FAA, que são o Hospital Escola e Maternidade Escola de Valença e o Colégio Valenciano São José de Aplicação. “A gente vai, previamente, separar o resíduo que é reciclável e, a partir daí, eles têm condição de pegar um resíduo mais nobre, que já vai estar separado, e fazer a venda às usinas de reciclagem”, contou Rynaldo Santos, coordenador do Núcleo de Educação Ambiental da FAA.

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine já e tenha acesso ao conteúdo na íntegra!

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...