Operação Cidade Alta prende dez pessoas suspeitas de tráfico de drogas

Edição: 658 Publicado por: Redação em 31/07/2019 as 09:20

 
Leitura sugerida

Valença – Mais uma iniciativa conjunta das forças policiais desencadeou a operação “Cidade Alta”, que cumpriu dez mandados de prisão nos bairros Santa Rosa e Vadinho Fonseca. Os mandados eram referentes aos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas.

Nas primeiras horas do dia 24, os agentes se deslocaram aos bairros e, logo após identificarem as residências onde os suspeitos residiam, desta vez com a ajuda de um drone, foi possível ver pelo alto as residências e evitar algum tipo de fuga. Cães farejadores também foram utilizados na procura de entorpecentes. Ao total, foram presos dez moradores. A reportagem do Jornal Local conversou sobre a ação com o delegado Luciano Coelho, titular da 91ª Delegacia, que também participou da operação e passou mais detalhes da ação policial. “Tratou-se da operação ‘Cidade Alta’, aqui em Valença, onde foi batizada com esse nome tendo em vista os alvos que foram presos, tendo mandado de busca e apreensão em suas residências no bairro Santa Rosa II devido morarem na parte alta do local, além de terem uma vista privilegiada”.

O delegado lembrou que essa operação é um desdobramento da “Operação Apis”, recentemente realizada na localidade, onde foram dadas continuidade às investigações de tráfico e associação ao tráfico de drogas de pessoas que praticam o tráfico lá, recebendo entorpecentes do Rio de Janeiro, Barra do Piraí, e que venderiam aqui em Valença. “Os mandados de prisão foram exatamente disso, tráfico e associação ao tráfico, e tivemos êxito em prender dez pessoas, sendo seis mulheres e quatro homens foi assim o resultado. As investigações foram realizadas pela 91ª Delegacia (Valença), tendo o apoio das delegacias 92ª DP (Rio das Flores) e 88ª DP (Barra do Piraí), da Coordenadoria de Recursos Especiais com cão farejador e, desta vez, com auxílio da Guarda Municipal. No total, vinte e quatro policiais civis, trinta e quatro PMs e quinze guardas municipais”, concluiu.

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...