Polícia Ambiental apreende armas, munições e pássaros em sítio

Edição: 658 Publicado por: Redação em 31/07/2019 as 09:26

 
Leitura sugerida

Rio das Flores - Na manhã do dia 23/7, equipe da Polícia Ambiental, em cumprimento a apuração de denúncia, em sítio na rua Nelson Teixeira, avistaram diversos pássaros pendurados na varanda da residência e observaram pássaros cantando dentro da mesma.

Os PMs chamaram o proprietário, porém ninguém se apresentou. Logo após, compareceu ao local outra pessoa, autorizando a entrega da residência e acompanhou toda fiscalização. No interior da residência foram encontrados diversos pássaros e várias armas de fogo de calibres diferentes. Ao ser indagado sobre as documentações pertinentes, o morador não tinha nenhuma e disse que todos os materiais e os pássaros eram de propriedade de seu pai, que não se encontrava no local. Assim foram localizados uma espingarda Calibre 12 Gauge, uma espingarda Calibre 12 Full choke, um rifle calibre 12, uma espingarda calibre 32 Gauge, uma espingarda calibre 32 Gauge, uma garrucha calibre 32 Gauge, uma espingarda calibre 36 CBC, uma espingarda calibre 20 Bereta, um revólver Taurus calibre 32, vários cartuchos intactos calibre 12, 57 cartuchos de calibre 12, trinta e oito cartuchos calibre 12, quinze cartuchos calibre 28, seis cartuchos calibre 36, dezessete cartuchos calibre 22 e uma espingarda de pressão com duas caixas de chumbo para a mesma.

Também foram localizados vários cartuchos deflagrados sendo, trinta cartuchos de calibre 12, quatorze cartuchos e calibre 32, nove cartuchos calibre 28, quatro cartuchos calibre 36, três cartuchos calibre 20, pólvora aproximadamente cem gramas, chumbo aproximadamente quinhentas gramas, espoletas 169, buchas para cartuchos 470, quatro lanternas, dois facões, uma faca, dois arcos de flecha, oito flechas, roupas camufladas, duas gôndolas, três calças, uma camisa e duas toucas, três trinca- ferros, um trinca- ferro de anilha, um curió, um curió de anilha, três canários-da-terra, dois azulões, um pássaro-preto, três coleiros, quatro pixoxós, um tiê sangue.

O morador foi acompanhado por uma advogada à 92ª Delegacia (Rio das Flores) para que fosse feito o registro de ocorrência, sendo o responsável autuado nos Artigos 12° da lei 10.826/2003 e 29° da lei 9605/1998. Cabe ressaltar, que foram feitos dois registros de ocorrência e dois BOPMs por se tratar de crimes distintos e que uma pessoa ficou como fiel depositário dos pássaros anilhados. A ocorrência foi realizada pelo cabo Ancelmo e soldados Matos e B. Barbosa. BOPM: 3131061 / R.O: 092-00182/2019 / BOPM: 3131062 / RO:092-00183/2019.

Galeria de imagens

0 comentários

avatar
Escreva seu comentário...
Seu nome...
Seu email...